domingo, julho 20, 2008

Noite de Chuva

3 comentários:

Anônimo disse...

Bom dia, minha poetisa preferida. Aqui estou eu de novo para ler e reler teus poemas, porque:

Lendo e relendo
os teus poemas
eu crio asas
e alço vôo
na fantasia...
E vivencio
tua tristeza,
teus devaneios,
tua alegria
- estou viciado
em tua poesia!

Até breve.
Abraços.

Um poeta...

Eloah Borda disse...

Prezado "Um poeta", agradeço os poemetos que me fez, mas, sinceramente, preferia que você tivesse se identificado - causam-me estranheza pessoas que se escondem, assustam-me um pouco, principalmente se forem assíduas. Não fossem os ditos poemetos, que provam ser você poeta mesmo, já teria excluído seus comentários. Mais uma vez obrigada, e pense no assunto,
Eloah

Um poeta... disse...

Prezada Eloah

Compreendo, mas eu já disse, em outro comentário que e quando me identificaria, você não leu?
"Cinzas", muito lindo.
Abraço.

Um poeta