terça-feira, setembro 02, 2008

Assim é que eu te amo...


Assim é que eu te amo...

Te amo, com este meu louco coração de poeta,
que não tem medo de sofrer, se por amor;
te amo, com esta minha alma sonhadora e inquieta,
que a ti se entrega sem reservas, sem temor.

Te amo, com este desejo insano e sem pudor
- feito animal no cio, instinto, natureza,
apelo dos sentidos, louco, abrasador,
inconseqüente, irracional e sem nobreza.

Assim é que eu te amo: amor de corpo e de alma,
um mesmo sentimento que enlouquece e acalma,
que é nobre e que é vulgar, libido e terno afeto.

E assim me entrego a ti, inteira, por completo,
sem máscaras, sem pejo, intensa, apaixonada
- fêmea, mulher, poeta, amante e namorada!

(Eloah Borda- D.A.Reservados)


3 comentários:

Rita & André disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rita & André disse...

Oi, Eloah!
Que maravilha encontrar seu blog, querida!
Eu e André, já tentamos falar com você no Orkut, mas não conseguimos.

Eloah,... gostaríamos muito de lhe falar sobre um projeto de poesia que estamos dando inicio.
Em virtude disso, tomei até a liberdade de adicionar um hotmail seu que encontrei em uma página sua na internet. Não sei se ele ainda esta em uso e espero que não se importe se estiver.
Bem, se não estiver, você poderia nos dar um retorno, pode ser por aqui mesmo, informando de que forma podemos entrar em contacto com você? Vou ficar aguardando ok.

Parabéns por esse lindo blog, minha querida! Os seus sonetos, como sempre, lindos!
Tudo aqui é de muito bom gosto. Amei conhecer!

Uma ótima noite pra você, Poetisa.
Beijus

Eloah Borda disse...
Este comentário foi removido pelo autor.